Top Menu

página de destino

A página de destino no Google é o endereço para onde os usuários serão direcionados após clicarem no anúncio exibido pelo buscador. Ela afeta o ranking do Google (Ad Rank) porque os crawlers do buscador irão rastrear as informações contidas nesta página para, entre outros critérios, determinar o índice de qualidade do anúncio. Este índice de qualidade afeta a classificação do anúncio, o CPC e o posicionamento no ranking.

Anúncios que direcionam a páginas de destino com uma experiência de navegação ruim, podem ser exibidas com menor frequência pelo Google ou sequer serem exibidas. Também é possível que estas páginas paguem um lance muito maior pela palavra-chave, caso seus concorrentes ofereçam um link com maior qualidade.

 

Como funciona o leilão de palavras-chave no Google?

Os anunciantes oferecem lances máximos que estão dispostos a pagar por clique em uma palavra-chave estratégica para o negócio. Eles serão cobrados apenas se o internauta interagir com o anúncio clicando nele e sendo direcionado à página de destino associada ao texto. Por outro lado, o Google não irá cobrar o valor do lance oferecido, mas sim o valor oferecido pelo concorrente imediato, ou seja, o necessário para se manter na competição pelo posicionamento.

Vamos a um exemplo para ficar mais claro:

Lance máximo do anunciante A: R$ 4,00

Lance máximo do anunciante B: R$ 3,00

Lance máximo do anunciante C: R$ 2,00

Lance máximo do anunciante D: R$ 1,00

 

Neste exemplo, a anunciante A teria que pagar R$ 3,00; o anunciante B, R$ 2,00, o C R$ 1,00 e assim por diante. O cenário seria exatamente esse se a composição do ranking fosse somente baseada em lance. No entanto, o Google também considera outro fator para classificar o anúncio, que é o índice de qualidade do anúncio. Estes fatores são:

  • Cliques – os anúncios mais clicados pelos usuários ao buscarem por uma palavra-chave ajuda o Google a entender quais são mais ou menos relevantes para eles;
  • Relevância – os anúncios precisam estar contextualizados com a palavra-chave, garantindo que o cliente encontre o que quer e o anunciante só pague por buscas que realmente tenham relação com seu negócio;
  • Página de destino – endereços com conteúdo relevante, original, fácil de navegar, rápida de carregar, ter poucos ou nenhum pop-up e ser transparente sobre o negócio e uso de informações dos usuários.

Todos os fatores geram um peso que forma o índice de qualidade do anúncio.

Mas, como o índice de qualidade afeta o posicionamento do Google?

 

Voltemos ao exemplo anterior adicionando índices de qualidade hipotéticos:

Anunciante A –  Lance: R$ 4,00 – Índice de qualidade: 1 = 4

Anunciante B –  Lance: R$ 3,00 – Índice de qualidade: 3 = 9

Anunciante C –  Lance: R$ 2,00 – Índice de qualidade: 6 = 12

Anunciante D –  Lance: R$ 1,00 – Índice de qualidade: 8 = 8

 

O ranking (Ad Rank) multiplica esses números gerando o resultado final. Por isso, o melhor resultado neste exemplo seria o anunciante C, mesmo pagando menos que o A e o B. O anunciante B viria em segundo, o D em terceiro e o A, embora tenho dado o maior lance, possui um índice de qualidade tão ruim que sequer apareceria.

 

 

A página de destino compõe o índice de qualidade de seu anúncio no Google e quanto melhor a experiência que ela proporciona, melhor será para os clientes.

 

Como criar uma boa página de destino?

  • Capriche na qualidade do conteúdo e mantenha a página contextualizada à busca pela palavra-chave . Alguém que procura por “canecas”, certamente está em busca de diferentes opções e modelos, mas quem busca por “canecas vermelhas” dificilmente estará interessado em uma página que exiba produtos de cores diversificadas;
  • Nada de cópias: conteúdos duplicados são desvalorizados pelo Google, por isso, sempre foque em criar seus próprios textos, remetendo ao que deseja comunicar nas vendas de seus produtos;
  • Cuide de fatores técnicos: sites que carregam mais rápido geram uma experiência melhor para os usuários e são valorizados pelo Google, da mesma forma a facilidade de navegar e encontrar/comprar produtos dentro do site pode ajudar a aumentar seu índice de qualidade e melhorar seu posicionamento. Não esqueça também de adaptar o conteúdo para o mobile;
  • Evite pop-ups: janelas que abrem o tempo todo na página criam uma experiência ruim e sites que abusam destes recursos podem perder pontos no índice de qualidade;
  • Seja transparente sobre o que faz: crie uma página que comunica bem em que setor sua empresa atua, os produtos que oferece, quais dados coleta dos usuários e de que forma são usados. Ao inserir formulários, explique como os dados serão usados e não deixe de facilitar o contato direto com sua empresa, disponibilizando e-mails e telefone.

Estas melhorias em sua página de destino certamente irão ajudá-lo a aumentar seu índice de qualidade e posicionar você melhor no ranking, mesmo pagando lances menores que seus concorrentes. Mesmo assim, não esqueça de monitorar a performance de suas campanhas e pausar todas aquelas que gerarem pouco resultado.

 

Close