Top Menu

comparadores de preço

Saber estruturar campanhas em comparadores de preço pode te ajudar a aproveitar melhor esses canais para aumentar sua receita

Buscapé, Zoom, Google Shopping: os comparadores de preço são cada vez mais buscados pelos consumidores que querem encontrar boas condições de preço para comprar um determinado produto. Por isso, os lojistas devem considerá-lo no plano de divulgação de seus produtos, especialmente se eles forem de uma marca popular e o varejista puder competir pelo preço.

Na maioria das vezes, os canais de comparadores de preço atuam com o modelo de cobrança baseado em CPC (custo por clique). Mas, como o cliente costuma buscar por preços de um item exato, em geral, estamos falando de um público altamente segmentado e com boas chances de converter uma venda. Para chegar até ele, as lojas precisam manter uma boa estratégia de precificação e ter controle de cada um dos canais escolhidos.

Para estruturar sua campanha em comparadores de preço, você deve:

1) Fazer o cadastro da loja

Antes de começar, é preciso selecionar todos os comparadores nos quais você deseja anunciar e cadastrar sua loja na área de anunciantes de cada um. Será preciso fornecer informações do negócio, como CNPJ, razão social, endereço comercial, etc.

2) Fazer a integração de XML dos produtos

Escolha os itens mais relevantes de seu negócio e que sejam adequados para os comparadores de preço e faça a integração do XML com o canal. Você pode anunciar todos os seus produtos, se desejar, mas é recomendado que você direcione seus esforços para os itens em que você realmente seja competitivo pelo preço, porque isso estará em evidência ao anunciar neste canal.

Se você usar uma ferramenta de inteligência de performance, é possível que ela te ofereça soluções para gerar um XML único que pode ser adaptado para todos os comparadores de preço e canais de performance que utilizam essa linguagem de marcação.

3) Checar cadastros de produtos

Após subir todos os produtos cabe sempre fazer uma análise se todos eles foram cadastrados corretamente e como estão aparecendo online. Cheque as informações cadastradas, imagens e corrija tudo o que for necessário, se houver algum ajuste.

4) Definição da estratégia de preço

É muito importante criar uma estratégia de preço adequada para cada canal que você decidir anunciar. Portanto, se você utiliza um canal de afiliados e irá anunciar em um comparador, não tente replicar os preços das campanhas, mas procure entender o público de cada local.

Alguém disposto a ouvir a opinião de um influencer e impactado pelo “valor qualitativo” do produto tem um comportamento de compra bem diferente de alguém que já sabe exatamente o que quer e busca uma boa oferta de preço para comprar. O primeiro certamente tem uma disposição maior a pagar um pouco mais do que o segundo perfil.

5) Verificar pagamentos (status de pedidos)

Apesar da maioria dos comparadores de preço serem baseados em cliques, as taxas de conversão tendem a vir como em qualquer mídia de performance. Quando isso acontece é fundamental que o gestor tenha um acompanhamento detalhado dos status dos pedidos, desde quando ele foi feito até a aprovação, momento em que ele deverá se preocupar em separar o pedido e fazer a entrega. Claro que ele também deverá ter percepção de como está o trajeto do item despachado até o cliente, se a transportadora está sendo pontual com prazos e, se o pedido chegou às mãos do cliente.  

6) Gestão centralizada

Centralize a gestão, se puder, utilizando uma ferramenta de gestão de performance. Essas ferramentas te permitem agrupar canais diversificados em uma mesma campanha, o que facilita a gestão de todos os canais em uma única plataforma.

Manter suas campanhas em comparadores de preço agrupadas é uma forma de mensurar qual dos canais dá mais retorno, quais campanhas podem ser mantidas ou pausadas e também aplicar ações em massa. Isso é relevante porque se você decidir parar de vender um produto x, por exemplo, poderá pausar todas as campanhas de forma fácil.

7) Análise de métricas e resultados

Acompanhar resultados centralizados te ajuda a identificar cliques, ROI e receita de cada campanha. Desta forma, você consegue validar qual comparador te dá maior retorno e quanto estes canais te retornam comparado a outras mídias online em que você inviste.

Caso o ROI se mostre muito baixo para um produto, é possível pausar o anúncio do item. Mas, se o problema for em todos os resultados no comparador, talvez essa mídia não tenha se revelado apropriada para seu negócio ou existem alguns erros na estruturação da campanha. Vale analisar qual a falha e modificar a estratégia.

8) Avaliação da compra

É válido solicitar que o cliente avalie a experiência de compra com você. Isso irá influenciar o consumidor a tomar a decisão de compra e, por isso, é tão relevante tentar conseguí-la. Claro que a nota será influenciada por todo o processo de venda e entrega do pedido, então cabe ter atenção especial a cada detalhe para aproximar seu cliente.

Por outro lado, uma boa avaliação também pode fazer sua loja superar alguns concorrentes e isso pode te ajudar a obter margens maiores, já que, além do preço, esse é um diferencial relevante para os clientes que buscam segurança ao comprar.

Como tirar maior proveito dos comparadores de preço?

Gerindo muito bem o preço é possível se destacar nos comparadores. Só que, para isso, você precisa ter condições de diminuir sua margem para equipará-la ou passar os demais concorrentes sem que isso comprometa a sustentabilidade do seu negócio.

Outro ponto de atenção é em acompanhar se as mudanças de preço no site estão sendo aplicadas rapidamente aos anúncios dos comparadores. Preços divergentes podem gerar algum mal-estar com o consumidor e ser prejudicial para o negócio. Por isso, cabe utilizar soluções como a Admatic que, via API, conseguem automatizar a alteração de preço de todas as campanhas conforme os ajustes aplicados no e-commerce.

Além disso, a solução também pode ser aplicada para remover do ar uma campanha com o estoque esgotado. Isso ajuda a manter a divulgação positiva nos comparadores de preço sem gerar contratempos com o cliente impactado por seus anúncios.


Close