Top Menu

post_blog_admatic_junho_6_fatores_que_motivam_a_conversao

O investimento em marketing de performance tem como objetivo atrair mais clientes e, como consequência, gerar receita para o e-commerce. Mas ainda existem lojistas deixando passar que, além das campanhas, é preciso preparar o site para receber o consumidor que é impactado por essas ações.

Sabendo dessa necessidade diária do mercado de melhorar as conversões em suas operações, nosso time de especialistas preparou uma lista com 6 fatores que motivam a conversão em e-commerces.

São fatores básicos, mas que se aplicados podem gerar números significativos nos resultados finais de sua loja virtual.

1 – Facilidade de acesso ao site (e no site)

O site precisa oferecer a possibilidade de acesso em diferentes sistemas operacionais, navegadores e plataformas. Isso é importante, principalmente se você faz investimentos em diferentes canais de marketing. Imagine criar campanhas de performance em Comparadores de preço e Redes Sociais, que têm aplicativos instalados em muitos smartphones, sem que os sites sejam responsivos, existem chances do cliente ser impactado, mas não comprar. Mas não é só com as fontes de tráfego que você precisa se preocupar, o cuidado também deve estar dentro do site e o cliente deve ser capaz de fazer buscas por produtos de forma simples e prática, o que exige que a navegação seja intuitiva e permissiva para diferentes perfis de usuários.

2 – Utilize o wish list

Uma dica útil é a utilização do wish list, que é a lista de desejos para o cliente que está logado. Isso permite que o ciente salve os produtos pelos quais ele tenha algum interesse. Essas informações podem inclusive ser estratégicas para que você possa desenhar um perfil de compra do cliente e personalizar a experiência por meio de campanhas de performance. Um exemplo prático de aplicação do wish list é o Netflix, que baseado nas listas dos usuários faz novas sugestões de séries e filmes, o que facilita muito para o usuário que não precisará fazer buscas dentro de todo o catálogo do serviço de streaming.

3 – Fotos e descrições com qualidade

O cliente precisa olhar para o produto e ter clareza do que irá comprar, para isso, as imagens do item devem ser feitas com qualidade, com vários focos diferentes. A imagem vai atrair o cliente e mexer com seus desejos. Já a descrição terá um papel bem próximo ao do vendedor da loja física, que vai tirar todas as dúvidas dos clientes quanto às configurações, tamanho, peso, cor ou outros detalhes importantes. Foto e descrição são o “casal 20” do e-commerce.

4 – Atenda bem para ser bem recomendado

Todo novo cliente vai buscar referência com outros que já fizeram alguma compra na loja virtual, isso pode ser por meio das redes sociais ou mesmo pelos reviews do site. Atender bem e encantar o cliente vai diminuir as chances de receber avaliações negativas que podem inviabilizar novos consumidores. Evite postergar sugestões e reclamações e se mantenha próximo aos seus consumidores, interagindo e propondo a compra de determinados produtos.

5 – Segurança e credibilidade sempre

Comunique seu cliente que sua loja adota as principais práticas de segurança para lojas virtuais, como a utilização do certificado SSL e a Blindagem de Sites. Se não os utiliza, está na hora de contratar uma empresa que oferece soluções de segurança para e-commerce, como a Site Blindado, por exemplo. Deixe claro isso ao seu cliente exibindo o selo oriundo da utilização desses serviços. Esses elementos são fundamentais para que o cliente não tenha nenhuma dúvida sobre inserir seus dados de compra ou não.

6 – Faça o anúncio para as pessoas certas, no momento certo

Um ponto que muitas vezes não é levando em consideração é o planejamento das campanhas de performance, que precisam ser assertivas para o público alvo de cada uma delas. Mesmo com diversas ferramentas que contribuem com a gestão desse processo, algumas lojas virtuais ainda desenvolvem ações abertas, sem definir o target, o que é um erro. Quando você define para quem será o seu anúncio, as chances dele ser convertido aumentam e o investimento será melhor utilizado. O próprio Facebook oferece uma ferramenta de segmentação de campanha muito simples.

E você, conhece ou já testou algum fator que seja significativo para a conversão de vendas? Compartilhe conosco!

Close