Top Menu

como_funciona_o_marketing_de_uma_empresa

Todo mundo sabe que o papel do marketing é ajudar as empresas a obter uma alta performance em vendas pela internet, mas existem profissionais que não tem muita ideia de como tudo funciona: como são os processos e o papel de cada profissional para administrar o orçamento e, através dele, trazer resultados.

Embora cada agência ou cada corporação que contem com uma equipe interna de marketing, se diferenciem umas das outras em muitos aspectos, há algumas funções comuns entre elas e processos que precisam ser geridos para o retorno aparecer.

Uma estrutura mínima do marketing requer: ao menos 1 redator, ao menos 1 designer, ao menos 1 programador (no digital), além de 1 gestor que defina as estratégias e 1 analista que mensure os resultados.

Há empresas pequenas que acumulam funções para um profissional com mais de uma capacitação, de forma que o gestor, pode ser o analista e designer ao mesmo tempo. Mas, qualquer iniciativa em marketing precisa, necessariamente, de alguém que defina estratégias conforme o perfil da empresa e intenção, que crie toda a comunicação escrita, que crie toda a comunicação visual e em vídeos e que analise resultados para acompanhar se o que foi definido está ou não funcionando.

Além de etapas de planejamento, execução e gestão, o marketing digital precisa de ferramentas tanto para entregar a comunicação digitalmente, quanto para administrar funções e gerir resultados. Algumas soluções são pagas e outras gratuitas, mas poder contar com elas é básico, já que estamos falando de um marketing que é essencialmente digital. Trello, Google Docs, WordPress, Pacote Office, Skype, RD Station, Contentools, Admatic, Social Mention, SEMRush, Hootsuite são alguns exemplos.

Investimento

Dividir o orçamento de marketing para a mídia física e digital costuma ser o melhor caminho na maioria dos casos. Mas vale estudar cada negócio antes de repartir a verba: se o público é majoritariamente formado por pessoas sem acesso à internet, a mídia digital pode não fazer tanto sentido. Agora, se você tem um e-commerce, por exemplo, e sem lojas físicas, a mídia offline também pode ser um investimento ruim já que o seu consumidor é necessariamente alguém que esteja conectado.

As empresas também tendem a dividir o orçamento em outras categorias: como em ações de awareness, que trabalham a “alma” da marca”, ou seja, sua percepção pelo consumidor e performance, que trabalham resultados exatos de investimento e retorno.

A mídia física é basicamente moldada pelo awareness, já que ações na TV, em banners, rádios e jornais geram resultados, mas eles não podem ser administrados muito bem.  Enquanto que a mídia digital, embora também faça uso do awareness pode, em alguns casos, trabalhar com dados exatos que mostram se o anúncio foi visto, clicado e gerou uma venda – ou seja, como ele “performou”.  

Por que empresas investem em marketing?

Porque ele é essencial para tornar a empresa e seus produtos conhecidos. Sem divulgação, dificilmente os clientes tomam nota de que há uma marca nova no mercado, vendendo tais produtos, a tais preços e que podem ser adquiridos em tais lugares. O marketing é o elo conector entre clientes e marcas e por isso é importante: o cliente descobre que alguém vende algo que ele está buscando e assim a marca encontra clientes interessados em seus produtos.

O marketing de awareness ajuda a construir a imagem da empresa, fortalece sua relação com o público e a torna mais conhecida – o que ajuda também nas vendas, embora seja difícil mensurar o quanto. Do outro lado, o marketing de performance ajuda a empresa a vender mais, controlar melhor seu investimento e identificar as oportunidades reais de conversão: ela consegue obter resultados mais imediatos em receita. E tanto um quanto o outro são altamente benéficos para a empresa porque eles oferecem exatamente o que ela busca: engajamento e retorno.

Mas e você? Como trabalha o marketing de sua empresa? Conte pra gente!


Close