• RJ +55 (21) 3504.7444 - SP +55 (11) 3454.3274
  • [email protected]
Top Menu

Estratégia e agilidade respondem a pergunta desse título. Para criar campanhas de alta performance no Google Shopping é necessário ter uma excelente estratégia neste canal, bem trabalhada em imagens, preços e descrições. Mas, ao mesmo tempo, é preciso ser rápido ao atualizar as campanhas para que elas reflitam exatamente as ofertas que estão no site.

A estratégia pode variar conforme o perfil de negócio do site, público-alvo e budget de marketing. Por outro lado, a velocidade é um recurso importante para todos os perfis de anunciantes. Como o preço é exibido na oferta, o cliente não gostará de ser impactado por um valor e, ao entrar no site, encontrar algo diferente.

Certamente isso irá impactar na performance das campanhas e prejudicar as vendas, caso o preço esteja mais alto no site, ou ser pouco atraente se o valor do anúncio estiver mais elevado.

Para evitar estes problemas, o melhor é integrar sua gestão de marketing no Google Shopping via API. Com isso, as atualizações são automáticas e refletem as alterações de preço e estoque do seu site. Se você elevou o valor da oferta praticada no site, o anúncio irá acompanhá-lo e se o estoque foi esgotado, o anúncio será pausado automaticamente.

Abaixo estão algumas dicas para otimizar suas campanhas no Google Shopping:

1) Crie anúncios de boa qualidade

A qualidade dos textos e imagens é o que despertará atenção dos internautas. Você tem uma boa oferta? Então não deixe de comunicá-la de forma clara e bem escrita para os clientes. A imagem também deve mostrar o produto com clareza e em boa resolução.

2) Seja coerente com a oferta do site

O anúncio precisa refletir a mesma oferta que está no seu site. Por isso, para ganhar agilidade na alteração de preços e atualização de estoque, integre suas campanhas via API.

3) Evite cliques para produtos esgotados

Cliques para produtos sem estoque é despesa e não investimento. Se você sabe que não há como converter uma venda pela falta do item, então é melhor pausar o anúncio para ele. Integrações via API também podem ajudar.

4) Melhore lances em anúncios de alta performance

Se você identificou que alguns de seus anúncios convertem mais vendas, isso significa que pode ser estratégico elevar um pouco seus lances para manter sua oferta no topo. Apenas tenha atenção para que o ROI esteja em conformidade com suas expectativas.

5) Analise as regiões onde as campanhas mais convertem

Regiões que apontarem maior índice de conversão podem justificar um maior investimento em estratégias e lances. Por outro lado, cabe tomar cuidado para não investir demais em regiões onde as vendas nunca acontecem. Pausar as campanhas ou trabalhar melhor o frete podem ser boas soluções neste caso.

Estas são algumas dicas para ajustar suas campanhas no Google Shopping e obter alta performance com elas! Nesse link, você confere a palestra de Stefanie Kohl, do Google, durante a 2ª edição do “Cadê tu, ROI”, organizado pela Admatic. Durante a apresentação, ela apresentou boas práticas para se destacar no Google Shopping.

Guia básico de marketing de performance


Entre em contato







Close