• RJ +55 (21) 3504.7444 - SP +55 (11) 3454.3274
  • [email protected]
Top Menu

como captar leads para sua loja virtual

O projeto de uma loja virtual envolve vários aspectos importantes, mas todos eles precisam girar em torno de dois objetivos: atração do cliente e vendas. Já mostramos, em outros materiais, diferentes formas de potencializar a receita de uma loja virtual, e dentre essas dicas, apresentamos o conceito de segmentação de base, ou seja, direcionar campanhas de marketing para o público especifico que se espera atingir. Mas muitas vezes, sobretudo lojas novas, não têm essa base para segmentar, e será preciso captar os chamados “prospects” ou os famosos leads.

O que é um lead no e-commerce:

em resumo, um usuário que ainda não é um cliente da loja virtual, mas que tem grande potencial de se tornar um. Para isso, ele precisa ser trabalhado e exposto à comunicação certa, no momento certo. Será preciso oferecer algo de relevante a esse usuário em troca de suas informações de contato, como um e-mail, por exemplo.

Importante:

Evite a compra de bases prontas, elas dificilmente trarão impactos positivos ao seu negócio. Se ainda assim essa for sua única opção, opte por empresas credenciadas a oferecerem esse tipo de lista, como Cerasa, Boa Vista e Certisign.

Mas você não precisa comprar listas, existem algumas maneiras de fazer a captação de leads para sua loja virtual. Algumas delas inspiradas no B2B, mas mesmo assim com aplicação no B2C – o caso dos e-commerces. Na sequência desse texto você terá acesso a algumas práticas muito úteis e acessíveis para a captação de leads no e-commerce.

1 – Defina seu público:

no nosso último post “Hacks para gerar receitas para sua loja virtual” batemos na tecla de que é necessário definir um público alvo, e quando falamos de geração de leads, isso também é básico. Vale a leitura para entender como isso deve ser feito. Com a definição de seu público, será possível criar ações bem segmentadas, o que certamente trará mais retorno ao seu negócio, já que as campanhas com público especifico tem mais chances de serem assertivas, o que diminui o investimento e aumenta o ROI.

2 – Trabalhe conteúdo / SEO / Busca Orgânica:

uma ótima forma de trazer usuários diferentes para seu site é oferecendo um conteúdo que tenha relação com seu negócio. Por exemplo, você tem uma loja virtual de games, então um blog com reviews sobre lançamentos ou mesmo com dicas para os “gamers”, pode atrair usuários, mas isso precisa ser trabalhado com palavras-chave que atraiam esse público. Por exemplo, vamos pensar em um jogo popular: Fifa, famoso jogo de simulação de futebol. Um termo muito buscado para ele é “Como jogar Fifa online”.

Um post bem feito, com essa palavra-chave e que realmente ajude o usuário, gera visitas e esse mesmo usuário pode ser impactado com sua comunicação no blog, mas mais do que isso, também será preciso criar “iscas” como, por exemplo, pedir para esse usuário se cadastrar para receber um cupom de desconto para o próximo FIFA, já que o jogo é lançado anualmente. Para receber esse benefício ele deixa informações, como nome completo e e-mail. Você pode ainda solicitar outros dados como:

  • Console utilizado
  • Categorias de jogos que mais gosta
  • Data de aniversário

Só é preciso encontrar uma forma do formulário não ser tão grande e “assustar” o usuário. Mas, com isso, de forma orgânica, você começa a desenvolver uma base de clientes própria e com grandes possibilidades de segmentação. Usamos o exemplo de empresas de games, mas esse tipo de estratégia pode ser adaptada e usada por diferentes perfis de lojas.

3 – Pesquisas divertidas para usuários responderem:  

o Buzzfeed está aí para mostrar como conteúdos simples, mas que agradam os leitores, tem tudo para serem aceitos e compartilhados pelas redes sociais. E isso também pode ser aplicado em seu e-commerce. Os testes ao estilo “que personagem de desenho animado você é” podem ser associados a datas como, por exemplo, no Dia das Mães, mostrando qual o perfil de mãe o usuário tem, e nesse formulário captar informações úteis sobre a personalidade da mãe dele e com fazer um e-mail personalizado para aquele perfil. Se um dos dados for a data de nascimento, e-mails com sugestões de presente podem ser enviados próximos a essas datas. Isso pode ser aplicado ao Dia dos Pais, Dia das Crianças, Natal e o que mais sua criatividade permitir.

Além dessas três dicas, outra ação que pode ser aplicada em sua loja virtual é o Cover, que é uma maneira de pedir dados ao cliente com um pop-up na tela. Geralmente as lojas virtuais desenvolvem isso oferecendo algum tipo de benefício ao usuário ao estilo: “Cadastre seu e-mail, receba promoções e novidades e ainda ganhe um cupom de 15% de desconto”.

Agora com os leads em mãos, é só botar a mão na massa e desenvolver campanhas adequadas para impactar esse público.


Close